O congelamento é uma maneira de preservar óvulos e embriões, por tempo indefinido, sem deteriorá-los. Desta forma é possível que mulheres que, pelos mais diferentes motivos, queiram retardar sua maternidade, possam ter filhos no futuro.

Quando a mulher estiver preparada para engravidar, ela passa por um tratamento de Fertilização In Vitro (FIV), que possibilita que ela engravide de um filho biologicamente seu.

Se por motivos pessoais você não deseja engravidar agora, mas deseja ser mãe no futuro, é recomendado que o Congelamento de Óvulos ocorra até ou próximo dos 35 anos de idade. Após este período os óvulos tendem a envelhecer e perder qualidade.

Para você entender melhor: se uma mulher congelar os óvulos aos 35 anos, mesmo que ela descongele e use seus óvulos para engravidar aos 40 anos, a chance de gravidez é de 45%, a mesma que de uma mulher com 35 anos. Sem o uso do óvulo congelado, a porcentagem de gravidez de uma mulher de 40 anos que realiza a Fertilização In Vitro é de 15%.

Núcleo Santista de Reprodução Humana | Há mais de 25 anos ajudando a gerar vidas.