É muito comum surgirem dúvidas referentes às dificuldades de engravidar naturalmente após perder uma das trompas.

Entretanto, é importante entender que para engravidar não é preciso necessariamente ter as duas trompas, porque uma substitui a função da outra que foi retirada, ou seja, a fecundação pode ocorrer normalmente.

Após 6 meses de tentativas para engravidar sem êxito, o ideal seria consultar um especialista para que ele possa avaliar a saúde reprodutiva e, se preciso, indicar outras alternativas de tratamento de Reprodução Assistida.

Núcleo Santista de Reprodução Humana | Há mais de 25 anos ajudando a gerar vidas.