O que são miomas?

Miomas uterinos são tumores benignos (não cancerosos) de tecido muscular no útero. Eles também são chamados de leiomiomas. Os miomas ocorrem quando uma única célula muscular na parede do útero se multiplica e cresce formando um tumor benigno. Os miomas podem alterar a forma ou tamanho do útero e, por vezes, o colo do útero (parte inferior do útero).

As mulheres geralmente têm mais de um mioma, mesmo que miomas individuais sejam possíveis. Dependendo da sua localização, tamanho e dimensão, o mioma pode apresentar sintomas, e nesse caso, deve ser tratado.

Existem três tipos principais de locais onde os miomas são encontrados:

Subseroso: estão na parte exterior do útero e representam 55% dos casos.

Intramural: são encontrados nas camadas musculares da parede uterina. Cerca de 40% se localizem nesse local.

Submucoso: O mais raro de todos, apenas 5% dos casos, é quando o mioma sobressai para dentro da cavidade uterina.

Os miomas podem também estar ligados ao útero por uma haste (pediculada), ou ligados a ligamentos ou órgãos adjacentes, tais como o da bexiga e intestino. Miomas são raramente encontradas fora da cavidade pélvica.

 

Em quais situações, o mioma é algo comum?

Miomas são encontrados em 20% das mulheres em idade reprodutiva, mas são mais comuns em mulheres afrodescendentes (50% -80%). A causa exata de miomas uterinos é algo que pode estar relacionado a uma combinação de genética, hormônios e fatores ambientais.

 

Miomas podem diminuir a fertilidade?

Cerca de 5% – 10% das mulheres inférteis têm miomas. Seu tamanho e localização determinam se eles poderão afetar a fertilidade. Exemplos incluem miomas que estão dentro da cavidade uterina (submucosos) ou muito grandes (maior que 6 cm de diâmetro) no interior da parede do útero.

A maioria das mulheres com miomas não terão problemas com infertilidade. As mulheres com miomas e seus parceiros devem ser cuidadosamente avaliados para encontrar outros problemas com a fertilidade, antes do mioma ser considerado o fator principal. Um especialista em fertilidade pode ajudar a avaliar se os miomas estão afetando ou não a fertilidade.

 

Como miomas causam infertilidade?

Existem várias maneiras de miomas uterinos reduzirem a fertilidade:

  • As mudanças na forma do colo do útero pode afetar o número de espermatozoides que entram no útero.
  • As mudanças na forma do útero pode interferir com o movimento do esperma ou do embrião.
  • Trompas de Falópio pode ser bloqueada por miomas.
  • Podem afetar a dimensão do revestimento da cavidade uterina.
  • O fluxo sanguíneo para a cavidade uterina pode ser afetado. Isso pode diminuir a capacidade de um embrião de aderir à parede do útero para se desenvolver.

 

O que acontece com miomas durante a gravidez?

Miomas são encontrados em 2% a 12% das mulheres grávidas, mas nem todos os miomas. Se um mioma cresce, geralmente o faz nas primeiras 12 semanas de gravidez.

 

O que pode acontecer se o mioma crescer durante a gravidez?

A maior preocupação na gravidez é saber se o mioma irá aumentar a chance de nascimento prematuro do bebê ou de causar um aborto espontâneo.

A cirurgia é raramente necessária ou executada durante a gravidez. Mas somente o médico poderá decidir o que é melhor. Se uma mulher engravidar depois de ter um mioma removido, ela deve discutir este assunto com o obstetra, já que uma cesariana pode ser recomendada.