Antes de tentar a gravidez, a mulher deve ter certeza que está saudável o suficiente para a gravidez. A adoção de um estilo de vida mais saudável e a ingestão de vitaminas pré-natais, como o ácido fólico, são boas medidas. Se a mulher tem alguma doença que a impossibilita de conceber uma criança, ela deve procurar aconselhamento de um profissional médico antes da gravidez.

 

Quais são as chances de engravidar?

Não há uma resposta simples para essa pergunta. Para as mulheres com ciclos menstruais regulares, a idade e número de meses de tentativas de engravidar são dois fatores que afetam a chance de sucesso. Um casal tem maior chance de conceber nos primeiros três meses de tentativas. Para jovens casais férteis, a chance de concepção é entre 20% e 37% durante os primeiros três meses. A chance de sucesso aumenta para 80% em um ano e 90% após dois anos de tentativas. Mulheres com mais de 35 anos e os homens com idade superior a 50 anos têm taxas de fertilidade mais baixas.

 

Quantas vezes um casal deve ter relações sexuais para poder engravidar?

Surpreendentemente, longos períodos de abstinência (não ter relações sexuais) pode diminuir a qualidade do esperma, e as relações sexuais pouco frequentes podem diminuir a chance de ter relação sexual durante a ovulação. As maiores taxas de gravidez são vistas quando um casal tem relações sexuais a cada 1-2 dias durante o período fértil.

 

O que é a janela fértil?

A janela fértil é o período do ciclo onde a gravidez pode ocorrer mais facilmente, e geralmente ocorre seis dias após a ovulação. Geralmente, a ovulação ocorre 14 dias antes da próxima menstruação, de modo que uma mulher com um ciclo de 28 dias vai ovular por volta do 14º dia do ciclo (que é de 14 dias após o início do seu último período menstrual). Isso significa que é maior a probabilidade de resultar em gravidez se ocorrer relações durante essa janela fértil.

 

Como saber se está ovulando?

Como a janela fértil é definida pela data da ovulação, é importante saber quando ocorre a ovulação da mulher. Existem vários métodos para determinar a ovulação. Por exemplo, o muco cervical e secreções vaginais começam a aumentar 5-6 dias antes da ovulação e no pico de 2-3 dias. Estas alterações podem ser controlados de modo a identificar com êxito a janela fértil em muitas mulheres. Kits urinários de previsão da ovulação podem também ser usados para detectar o aumento do hormônio luteinizante (LH) que ocorre imediatamente antes da ovulação.

 

Existem práticas de relações sexuais que podem melhorar as chances de conceber?

O esperma ejaculado, alcança as trompas de falópio em poucos minutos, independentemente da posição durante a relação sexual. Não há evidências de que a posição sexual, orgasmo ou repouso prolongado após a relação sexual aumente a chance de concepção. Porém é importante ressaltar que alguns lubrificantes usados durante a relação sexual podem diminuir a mobilidade do esperma (movimento) ou a viabilidade e, portanto, devem ser evitados.

 

Será que a dieta afeta a fertilidade?

A fertilidade claramente diminui em mulheres que estão muito magras ou obesas, mas não há nenhuma evidência de que variações normais de dieta afetam as mulheres que são de peso normal (índice de massa corporal 19-25) e tem ciclos mentruais regulares. A única exceção é que uma dieta rica em mercúrio (encontrada em alguns frutos do mar) está associada à infertilidade. Tabagismo, consumo abusivo de álcool, consumo excessivo de cafeína e o uso de drogas recreativas têm sido associados com fertilidade reduzida. Portanto, as mulheres que desejam a gravidez devem reduzir uso de álcool e cafeína; e também devem evitar de fumar e, se for o caso, parar com todas as drogas recreativas ao tentar conceber.