Médico especialista em reprodução humana – que há 20 anos fez parte da equipe responsável pelo 1º bebê de proveta de Santos, termo mais popular da fertilização in vitro. É santista, descendente de árabe, 58 anos, casado, pai de um casal de filhos. O 1º bebê de proveta do mundo nasceu em 1978 na Inglaterra. No Brasil, foi em 1984, em São Paulo.  Condesmar foi o responsável (presidente) pelo 16º Congresso Brasileiro de Reprodução Humana realizado em Guarujá no mês passado, organizado pela Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida que contou com a participação de 700 especialistas do mundo todo e um recorde de trabalhos apresentados. É torcedor do Santos Futebol Clube, cuida de sua saúde física e mental correndo todos os dias por cerca de dez quilômetros na praia. Um médico renomado e um santista apaixonado.

 

Quais as novidades apresentadas no 16º Congresso Brasileiro de Reprodução Assistida, em Agosto, Guarujá?

Uma delas diz respeito ao congelamento de óvulo. Uma moça de 25 anos pode, por exemplo, congelar seu óvulo para ter filho somente aos 40 anos. A mesma técnica também serve para uma mulher que vai ter que se submeter a seções de quimioterapia. Antes do tratamento, seu óvulo pode ser congelado para quando tiver tudo ok ela poder engravidar.

 

E para os homens, quais as novidades?

O 1º congelamento de tecido testicular (de testículo) em criança na faixa de 10 anos com câncer. Retira-se uma parte do tecido testicular e se congela. Com a sua cura, esse tecido volta ao garoto para que ele possa voltar a produzir testosterona e ter filhos. É algo fantástico.

 

E as novidades de fertilização no caso dos homens?

Há a ICSI – Injeção Intracitoplasmática de Espermatozóides. O método consiste em usar um microscópio isolando na amostra um único espermatozóide e com uma pipeta muito fina ele é aspirado e introduzido em um único óvulo. O espermatozóide e óvulo passam por um processo de incubação, preparando para a fase de união.  A fertilização é considerada normal quando dois pronúcleos forem visualizados, contendo nucléolos em seu interior. Depois, passam para fase de 2 células, 4 células, 8 células e no 3º dia podem ser transferidos ao útero. Para homens vasectomizados, por exemplo, é uma técnica utilizada.

 

Célula-tronco

É o grande assunto no mundo que também está sendo trazido para o campo da fertilização. Estão tentando transformar célula tronco em óvulos e espermatozoides. Em um futuro muito próximo teremos grandes novidades.

 

Diferença entre Inseminação e Fertilização In Vitro (Bebê de Proveta)

A inseminação consiste em provocar ovulação na mulher com auxílio de medicamentos. No seu dia fértil, o sêmen (espermatozoide) do marido é colhido, feita a capacitação deste sêmen e em seguida são colocados os espermatozoides em ótimas condições na altura das trompas, para que a fertilização aconteça espontaneamente. Na fertilização in vitro, a fecundação do espermatozoide e do óvulo é feita fora (in vitro) para depois ser transferida para o útero.

 

Quais as maiores causas da infertilidade em um casal?

Na mulher, a falta de ovulação. No homem, baixa produção de espermatozoides.
As causas da infertilidade são mais femininas ou masculinas?

Podemos dizer que 40% para cada um. E, 20% das causas estão no casal, isto é, os dois têm problemas.

 

Ser especialista em Reprodução Assistida

Eu sou médico e me sinto médico como qualquer colega. Todavia, me realizei ainda mais podendo fazer casais engravidarem.

 

Um sonho como médico

Quando eu puder curar alguém por intermédio da célula-tronco será a realização plena.

 

Fonte: Boqueirão News