[fusion_builder_container hundred_percent=”yes” overflow=”visible”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”]

Nascida em 7 de outubro de 1984, Ana Paula B. Caldeira, primeiro bebê de proveta do país, será homenageada durante o 16º Congresso Brasileiro de Reprodução Humana Assistida, que acontece entre quarta (22) e domingo (26), no Sofitel Jequitimar, em Guarujá. Falecido em 1997, o médico Milton Nakamura, responsável pelo tratamento na época, também será homenageado.

O evento também vai discutir temas como Avaliação psicológica do paciente infértil, doação de gametas, casais homossexuais; uso de sêmen pós-morte e produção independente, entre outros.

O congresso reunirá profissionais renomados como Condesmar Marcondes, responsável pelo nascimento de 500 bebês nascidos através da Reprodução Humana Assistida na Baixada Santista, Alan Trouson – pioneiro nas técnicas de fertilização in vitro; e Carlos Gilberto Almodin, da Universidade Federal de São Paulo, responsável pelo primeiro transplante de ovário do Brasil.

 

Fonte: Jornal da Orla

[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]